quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O DIA ANTES-CAMPEONATO NACIONAL DE JUNIORES 2010

Dia 20/02/2010 Sábado
Após três noites de insónias e nervos praticamente todos os dias, decidi falar com o meu psicólogo João Arruda antes de partir para Lisboa. Encontrámo-nos de manhã na Livraria Almedina, como de costume, contei-lhe das minhas insónias e o porquê do meu estado de nervos para esta prova. Expliquei que, apesar de não ser das provas mais importantes, eu queria mostrar o meu valor, queria ser o nº 1 de Portugal, queria ser campeão nacional.
Perguntou-me como é que eu achava que iria correr a prova. Eu disse-lhe: “Estou à espera que os dois primeiros combates sejam, mais ou menos fáceis, a partir daí a coisa irá complicar”


“Eu atleta, ele atleta, nós competir” nada mais importa. Disse-lhe que precisava de me abstrair da prova e questionei-lhe se ler seria uma boa solução “Sim, leva o livro do Lance Armstrong. É um livro que tu já conheces a historia, que te inspira, acho que seria boa ideia levá-lo para ler na prova” disse ele. O único problema, é que eu não tinha o livro do Lance Armstrong na minha mala de viagem e já não dava tempo para voltar a casa para o ir buscar. Fiquei chateado, mas não desesperei. Levava comigo o livro que tinha começado a ler “Os Homens que odeiam as Mulheres”. Talvez me ajudasse a abstrair na mesma.
Segui de viagem e como era hábito, pus os headphones nos ouvidos, ouvi musica, adormeci e só acordei quando tínhamos chegado a minha casa em Lisboa.
Como estava a controlar o meu peso, não podia abusar muito no comer, por isso não almocei e jantei cedo.

A minha mãe tinha planeado antes de ir dormir uma espécie de spa, com o objectivo de me relaxar o suficiente para eu dormir aquela noite.
video
Estive o dia todo praticamente calado, sem falar com ninguém, mesmo quando a minha namorada me ligou, eu não estava muito falador. Os meu pais tentavam dar-me incentivo .
“Não tenhas duvidas que com o que tu trabalhas e pelas provas que fizeste, tu tens todas as possibilidades de chegar à prova e fazer grandes combates” dizia o meu pai, repetidamente. Eles pareciam bastante nervosos, mas ao mesmo tempo confiantes de que eu iria fazer uma grande prova.
Após o banho, deitei-me na cama e comecei a ler, à espera que me viesse o sono. Certa altura chegou o meu pai e disse: “ Aconteça o que acontecer amanhã, eu amo- te muito”. Aquelas palavras ficaram-me a noite toda.




Tiago Alves dia 20 de Fevereiro 2010
(Publicado por-Horacio Alves)

12 comentários:

  1. Mais uma vez, muito obrigada aos pais do Tiago, por partilharem connosco os momentos mais importantes da vida do nosso Campeão que, deste modo, está sempre presente nos nossos corações e nas nossas vidas.

    ResponderEliminar
  2. Olá Sr.Horácio:
    Obrigado por nos trazer as recordações do Tiago.
    Peço-lhes desculpa por termos andado tão calados, mas a verdade é que quase não temos parado lá na terra. Um dia destes encontrar-nos-emos.
    Um grande abraço e beijos para ambos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns aos pais do Tiago, que criaram e educaram um ser humano único e tão especial como ele. O Tiago está, não tenho qualquer dúvida, num lugar muito melhor, mas sempre presente na vida dos que o amam e admiram.
    Coragem!
    Claudia Lourenço.

    ResponderEliminar
  4. Ola meu irmao ja n vinha aqui falar contigo algum tempo, desculpa mas tenho andado um bocado ocupado mas sabes bem q nem por um minuto me esqueço d ti.
    Tivemos uma gala da camara, na semana passada o teu pai leu um texto lindo sobre ti, axo q ele queria com aquele texto dizer todo o amor q sente por ti,a tua mae estava linda como sempre, estavamos la todos tal como tu gostava, toda a nossa familia ficou d rasto ao ouvir o teu pai n é facil para nenhum d nos lembrar q nunca mais te vamos poder tocar nem falar contigo, todos sofremos muito ainda o nosso velho mestre Joca nem parecia ele jogava como um bebe, ele sobre muito com a nossa maior perda(TU) o teu irmao Rui n se conseguiu conter e ate veio ca para fora quem tbm n estava nada bem era a Andreia o seu olhos gritavam saudades. Todos nos temos muitas saudades tuas.
    Neste domingo realizou-se o campeonato nacional d seniores os nossos amigos estiveram muito bem a eunise ficou em 3º tal com o to-ze o hugo o telmo e o gonçalo e o nosso grande neto voltou´a fazer o nacional e como n podia deixar de ser ganhou ele esta numa grande forma, infelizmente n pude lutar devido ao me joelho q esta para ser operado, fica para o ano.
    vou tentar vir aqui escrever mais vezes mas sabes bem q a minha vida n á nada facil.

    tenho muitas saudades meu irmao,fazes-me muita falta. Tenho muito orgulho em ti e em te ter podido chamar irmao.

    ASS: João Neves

    ResponderEliminar
  5. Sr Horácio
    O Tiago não é por acaso um Campeão, além de características próprias de dedicação, de esforço e muitas outras, ter uns pais fabulosos que nunca deixaram faltar nada, de o proteger de educar e do acompanhar seja lá onde for. Sr Horácio e Sra Margarida quantos KMs foram feitos pelo automóvel a acompanhar o Tiago? Mtos de certeza.
    Tenho a certeza que o Tiago, onde quer que esteja, está super orgulhoso dos pais, pois fizeram tudo por tudo pelo filho.
    Cumprimentos
    Miguel Monteiro

    ResponderEliminar
  6. Grande amigo Horacio esta mensagem é para ti e para a Margarida:
    Ficou provado e bem provado q na secçao de judo da AAC nunca ninguem vai esquecer o campeao.
    É com a força de vicer dele q todos nós lutamos hoje e com aquela coragem q ganhamos combates e medalhas.
    O nosso tiago nunca vai morrer enquanto a académica ganhar medalhas, cada meda representa um sorriso do meu mano.

    Acreditar,
    sonhar,
    voar,
    voltar
    sao algumas palavras q ele adorava

    vamos ter força estarei SEMPRE aqui meus amigos SEMPRE

    ASS:João Neves

    ResponderEliminar
  7. Querido Tiago,
    obrigada pelo teu exemplo. Aos teus pais, desejo muita força e coragem.

    ResponderEliminar
  8. Fiquei sem palavras. Gostava de ter alguma para dizer. Sei como se espera que se diga sempre qualquer coisa. Sei também que palavra nenhuma pode descrever a dor que se sente ou minimizar o desgosto. Sei-o porque também sinto a perda da minha menina. Uma "Estrelinha azul" santificada pelo sofrimento, pela coragem e pelo sorriso. Foi um exemplo de amor aos outros, à vida e à luta contra o cancro.
    Mais que a sua partida, dói-me o sofrimento indescritível em que partiu. Porém, sempre a acalentar a esperança (ou seria por nós que ela mostrava acreditar?)...No dia do seu aniversário (24 anos) percebemos que seria o dia da sua despedida.
    Continuo à espera de a ver chegar com o seu ar doce de boneca, o sorriso cândido e as palavras de incentivo.
    Conservo muita coisa que ela me deixou. Palavras escritas em guardanapos de hospital quando já nem falar conseguia. São palavras de força. Pedem-me para ter sempre um sorriso nos lábios.

    É por este pedido, pelas Margaret e pelosTiago que os pais continuam a viver.

    Que posso eu dizer, pais do Tiago que não o saibam já?

    Um abraço fraterno.

    Paula, mãe da Margaret (morreu de cancro aos 24 anos)

    ResponderEliminar
  9. Sinto tanto a tua falta :/ , preciso tanto de ti, das tuas palavras campeão :'/ . Bastava ouvir a celebre frase e um "gosto de ti".
    oh Tiago ...

    ResponderEliminar
  10. Campeão, mas Campeão, com C maiúsculos miúdo

    ResponderEliminar
  11. Sinto imenso a tua falta :/
    Penso em ti e nas nossas aulas de catequese todos os dias, eram maravilhosas, mas porque tavas lá, agora já não faz sentido. Já nada faz sentido :(

    Eu tenho muitas Saudades tuas
    Beijinhos :'(

    ResponderEliminar